Meu Perfil
BRASIL, Sul, Mulher, Portuguese, Arte e cultura, Animais



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Taninha no Orkut
 Fernando Pessoa
 Blog do Viegas
 Fátima Venutti
 Ana Paula Russi
 Blog de Dalva Day
 Bar Kriado - bons tempos!
 Revista Pobres & Nojentas
 HQs
 Comportamento Saudável
 SEB
 Poemas de Lac
 Monitorando - Jornalismo
 Sala de Noticias
 Madredeus Brasil
 Ademir Assunção Poeta
 Chales Steuck
 Descoisando
 Blog do Stocker
 Escrita de Si, blog da Carla Fernanda
 Rosetas & Espinhos, blog do Gregory Haertel
 Giovanni Ramos
 Fábio Ricardo
 Escambau
 Historianos
 Grafias de Luz
 Nane Pereira


 
Espontânias


Se perguntarem


Se perguntarem por onde ando, diga que fiquei sem voz para brandir.

Calaram-me.

Se quiserem saber como vou indo. Diga que não fui, simplesmente sentei na beira do caminho.

O tempo passa.

E se ainda insistirem em saber pelo que minha alma anseia. Diga que já sei de todos os abismos.

Aprendi com as nuvens a vagar na imensidão do firmamento.

Sei de chãos e pedras.

Meus sapatos são gastos.

Meus olhos cansaram de ver a mesma coisa e se foram para algum canto, onde a visão não importa.

Importa a paisagem.



Escrito por Tânia Rodrigues às 09h25
[] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]